Kingdom of nowhere

Hi I'm Paturi. Tumblr for funny, feminist, animation stuff. Hope you enjoy it.
Recent Tweets @
Who I Follow

coolbloqqer:

do you ever get the feeling that your friends just dont care

(via celestial-delinquent)

Male Idols cross-dress (Daesung beats them all)

(via celestial-delinquent)

Nodame Cantabile, ep. 22 & 23

(via dailydays)

(via pirilampo)

cienciahoje:

S.O.S. cachorro-vinagre!

Não, não se trata de um pequeno urso! Quem olha de longe nem suspeita que este animalzinho seja um parente bem próximo dos cachorros e lobos. Então chegue mais perto, pois estamos falando do cachorro-vinagre, como é popularmente conhecido. Esses ‘cãezinhos pesam cerca de cinco quilos e têm uma coloração marrom avermelhada daí o nome ‘vinagre. A espécie habita florestas por todo o Brasil, mas, devido ao desmatamento acelerado, corre o risco de entrar em extinção.

De hábitos noturnos, os cachorros-vinagre costumam viver em matilhas de até doze indivíduos e sua refeição preferida são os tatus. Fora suas idas aos ‘self-services’ florestais, passam a maior parte do tempo dentro de tocas ou cavidades nas árvores, o que torna difícil a tarefa de encontrá-los. Desde 2012, por exemplo, não se tinha uma pista sequer de novos cachorros-vinagre na área que vai de Nova Xavantina a Água Boa, no Mato Grosso, região que eles costumam habitar.

A preocupante ausência, no entanto, foi rompida recentemente, quando quatro indivíduos ‘desconhecidos’ – ou seja, nunca catalogados pelos pesquisadores – foram capturados nessa região. Os animais receberam colares com radiotransmissores e depois foram libertados. Com a medida, daqui para frente será possível estudar melhor seus hábitos e conhecer mais sobre a espécie.

Com esses novos integrantes, já são 20 animais monitorados pelo projeto de proteção do cachorro-vinagre, desenvolvido pelo Instituto para a Conservação dos Carnívoros Neotropicais e pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, em parceria com a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.    

Leia mais sobre biodiversidade na página da Ciência Hoje On-line.

theodd1sout:

This will help you write good.

(via tastefullyoffensive)